Sem categoria

Sucessão I: PMDB pode ter candidato próprio e se unir ao PT

A convenção do PMDB, realizada em Brasília,  reforça a tese de o partido ter um candidato próprio na sucessão da governadora Rosalba Ciarlini.

O partido adiou a decisão de abandonar o barco governista, mas 10 em cada 10 políticos do RN desconfiam que o partido não estará aliado ao DEM em 2014. Só mesmo se a governadora der uma reviravolta administrativa e mostrar grandes chances de vitória eleitoral.

Como Garibaldi insiste que não quer abadonar o "céu" do Senado, o partido só tem um nome com densidade para disputar o governo o do deputado Henrique Eduardo, abrindo espaço para Walter Alves assumir uma cadeira de federal.

No Planalto a aliança entre PMDB e PT na sucessão de Rosalba é a mais desejada. Nesse caso, o PT lançaria Fátima para o Senado e ainda ficaria a vice para negociar com o PSB ou o PSD de Robinson Faria.

Compartilhe