MPF quer UFRN mais transparente

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte, através da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), emitiu duas recomendações para que a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) promova mudanças em concursos públicos realizados pela instituição 박진영 허니 다운로드. A primeira cobra a divulgação prévia dos nomes e qualificação dos profissionais integrantes das bancas elaboradoras e examinadoras das provas dos concursos e processos seletivos Download me. Já a segunda, a convocação para a prova prática dos candidatos que, nas provas objetivas do concurso regido pelo Edital 09/2013, empataram no último lugar de classificação dns 다운로드.

As recomendações assinadas pelo procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes, foram encaminhadas à reitora Ângela Paiva e entregues na última sexta-feira, dia 12 링크 한번에 다운로드. Ambas são frutos de representações feitas ao MPF/RN. Uma delas ressaltou que a Comperve não divulgou o nome dos integrantes da banca responsável pela preparação das provas para o concurso público de odontólogo da UFRN (edital n° 008/2012), mesmo após solicitação administrativa formulada por um dos candidatos 토탈워.

Sem categoria