Justiça Federal determina afastamento de Gilson Moura da Assembleia

A Justiça Federal determinou que Gilson Moura seja afastado do cargo de deputado estadual, além da indisponibilidade de bens dele e outros seis envolvidos no esquema investigado na Operação Pecado Capital Download Outlook Mail. A decisão foi tomada após o Ministério Público Federal (MPF) apresentar 11 novas ações de improbidade administrativa contra o parlamentar e outras 15 pessoas 신석연.

Entre as denúncias do MPF estão casos de funcionários fantasmas, obras superfaturadas, e contratos de empresas pelo Instituto de Pesos e Medidas (Ipem/RN) entre 2007 e 2011 durante a gestão de Rychardson de Macêdo, para prestar serviços ao deputado Download the elementary school book. Segundo os documentos apresentados pelo MPF, os desvios financiavam as campanhas e interesses políticos de Gilson Moura, Lauro Maia e o advogado Fernando Antônio Leal Caldas Filho 영화 미션. Os três são apontados como beneficiários do contrato ilegal entre o Ipem/RN e o Auto Posto JR II LTDA., que incluiu fraude, dispensa indevida de licitação e pagamentos indevidos de centenas de milhares de reais 달빛의 이정표. O processo aponta que os prejuízos aos cofres públicos resultem em um montante de R$ 1.657.316,60.

Sem categoria