Câmara é quem vai decidir sobre feriado

A decisão do prefeito Carlos Eduardo de revogar e revisar a Lei 6.458/2014 , que criou o  Dia da Consciência Negra, terá que passar novamente pela Câmara Municipal de Natal 카 더빙.

São os vereadores que irão votar o novo projeto que, segundo o prefeito, irá manter o dia alusivo a consciência negra sem que isto acarrete na criação de um novo feriado ou de medidas que comprometam o funcionamento normal dos setores públicos e privados na cidade 시티 카 드라이빙.

Na nota, enviada a imprensa, a prefeitura diz que a Administração Municipal reconhece a necessidade de manter o tema da igualdade racial em evidência, de dar voz ativa para os movimentos das minorias e de estimular as devidas reflexões sobre a questão entre a sociedade exerd 다운로드. Nesse sentido, considera que o estabelecimento da referida data contribui diretamente para a promoção desse debate.

No entanto, o Município também leva em consideração que a inclusão de um novo feriado ao seu calendário oficial, a despeito dos justos propósitos de que se reveste a referida matéria, produziria mais efeitos prejudiciais que benéficos à rotina e à economia da nossa cidade, sobretudo neste grave instante em que Natal e todo o Brasil tanto necessitam gerar riquezas e divisas e, mais ainda, revertê-las em favor da sua população Bleach Soul Ignition.

Por não ter nenhum tipo de compromisso com o erro e os transtornos que possam ter sido causados com a questão, mas, sim, com os interesses gerais da coletividade, a Prefeitura Municipal do Natal reitera que, na revisão da citada Lei, não haverá espaço para medidas oficiais que alterem a rotina dos que moram, estudam, trabalham e produzem na nossa cidade gta 산안드레스 다운로드.

Sem categoria