Sem categoria

Crispiniano Neto vai permanecer onde está

A nota, enviada pela assessoria do Governo, diz que as opiniões emitidas pelo auxiliar Crispiniano Neto foram feitas na conta pessoal dele no twitter e que não representa o pensamento do governo. Em outras palavras: o auxiliar permanecerá na equipe de governo mesmo tendo incitado a violência contra veículos de imprensa.

Por muito menos, o então secretário Domício Arruda foi exonerado no  governo Rosalba Ciarlini por não querer atender a imprensa no “feriado”.

Segue a íntegra da nota:

A respeito das declarações do jornalista Crispiniano Neto, diretor da Fundação José Augusto (FJA), em seu perfil pessoal na rede social Twitter, o Governo do Estado vem a público esclarecer que:

O posicionamento de Crispiniano Neto é pessoal e não representa, de maneira alguma, o pensamento do governo. O jornalista é responsável pelas opiniões pessoais que emite em suas redes sociais;

O Governo do Estado não concorda nem compactua com qualquer declaração que possa ser interpretada como incitamento à violência, assim como agressão ou insinuação relacionada ao cerceamento do trabalho da imprensa;

Estão sendo tomadas as providências para que, no protesto previsto para o dia 13 de março, seja garantida a presença policial e conseqüentemente, a segurança dos manifestantes e de todas as pessoas envolvidas neste ato democrático, incluindo a imprensa;

Expostas as considerações acima, o Governo do Estado convoca a todos, nesse momento de grande acirramento de ânimos, a darem as mãos em um pacto por mais tolerância e paz.

Compartilhe

Jornalista