Defensoria apura denúncias no transporte de presos

Os defensores públicos Manuel Sabino Pontes e Rodrigo Gomes da Costa Lira foram ao Hospital Walfredo Gurgel  apurar denúncias de irregularidades no transporte dos presos que estão internados no local e precisam ser transferidos para outros hospitais para a realização de cirurgias 영화 피아니스트. As informações foram confirmadas pela direção do hospital.

De acordo com as denúncias recebidas pela Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN), presos que deveriam passar por cirurgias eletivas, não estão conseguindo realizar os procedimentos por falta de escolta para o transporte entre o Walfredo Gurgel e as unidades onde deveriam acontecer as respectivas cirurgias download qt5core.dll.

Segundo a direção do hospital, um acordo realizado anteriormente com a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc), garantia que policiais militares fizessem, mesmo de forma precária, a escolta dos presos durante as transferências, já que não existem agentes penitenciários em número suficiente para a realização da tarefa Download hex editor. Porém, de acordo com a diretoria do Walfredo Gurgel, há alguns meses a Polícia Militar suspendeu o acompanhamento do transporte dos presos.