Estados terão descontos no valor da dívida

O governo federal apresentou uma proposta aos governadores para pagamento da dívida junto à união.  O governo ofereceu uma suspensão do pagamento por dois meses e um abatimento no valor das parcelas a cada dois meses.
Os governadores queriam passar dois anos sem pagar os débitos.  Mas o governo não aceitou.
Segue a tabela de descontos oferecidas pelo governo.

2016
Agosto e setembro – 90%
Outubro e novembro – 80%
Dezembro e janeiro (2017) – 70%

2017
Fevereiro e março – 60%
Abril e maio – 50%
Junho a dezembro – 40%

2018
Janeiro e fevereiro – 30%
Março e abril – 20%
Maio e junho – 10%
Julho – 0%

Compartilhe

Jornalista