Sem categoria

Crise no RN: Devo não nego, mas não tenho com o que pagar

Matéria publicada na Folha de S Paulo de hoje mostra que os Estados em dificuldades financeiras têm represado o pagamento a servidores e fornecedores. No caso do Rio Grande do Norte, de janeiro a abril soma R$ 138,9 milhões o total de despesas que foram liquidadas (quando o governo reconhece que deve) e não pagas segundo dados levantados pelo jornal em dados repassados ao Tesouro Nacional.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, a dívida com fornecedores e servidores aumentou 184% este ano.

Compartilhe

Jornalista