Sem categoria

Congresso de Cardiologia vai discutir distúrbios metabólicos 

Obesidade, hipertireoidismo, diabetes são os principais distúrbios metabólicos responsáveis hoje pela maioria das doenças do coração. Segundo a Organização Mundial de Saúde a doença Cardiovascular é a principal causa de morte no mundo.

A incidência será destacada e debatida durante o XIX Congresso Norteriograndense de Cardiologia, que acontece em Natal, nos próximos dias 7 e 8 de abril, no Hotel Holliday in, no bairro de Lagoa Nova. “ Para todos nós que fazemos a Sociedade Brasileira de Cardiologia no RN será um momento único debater com outros profissionais os avanços e tratamentos realizados hoje no país para evitar as mortes por doenças coronárias”, disse a presidente do Congresso, a médica Sandra Andrade de Mendonça.

A OMS alertou recentemente que o consumo de dietas inadequadas e a falta de atividade física estão entre os dez principais fatores determinantes de mortalidade. No Brasil estima-se que mais de 50% da população adulta apresente excesso de peso e 17% apresentam obesidade. O excesso de peso é fator determinante para os castos de infarto e Acidente Vascular Cerebral. Com relação ao Diabetes, os números chama ainda mais atenção. Segundo a OMS 12% da população adulta, acima de 30 anos e 20% acima dos 60 são diabéticos. Os portadores do distúrbio tem um risco de mortalidade por doença cardiovascular de 2 a 4 vezes maior do que os não diabéticos.

Todos esses distúrbios metabólicos serão debatidos por médicos brasileiros que estarão em Natal durante o Congresso. Entre eles Luis Eduardo Mastrocola, médico paulista convidado para discutir o pós infarto Agudo do miocárdio, Angina Estavel e o portador de dispositivos cardíacos implantáveis.

Na área de medicina nuclear o Congresso trás à Natal o médico Carlos Alberto Buchpigel(SP) que irá falar sobre os avanços no diagnóstico e extensão da insuficiência coronária pela medicina nuclear e Dr. Álvaro Avezum que irá debater os “Riscos cardiovasculares antidiabéticos e doença cardiovascular.

Compartilhe

Jornalista