Cônego José Mário completa 50 anos de sacerdócio

Há 25 anos é capelão da UFRN

Tem duas coisas no mundo que gosto mesmo, ser padre e ser professor Mobizen Mirroring. Isso me faz feliz”, com essa frase o cônego José Mário de Medeiros resume suas cinco décadas de ordenação sacerdotal, 28 anos de docência e 25 anos como capelão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) t7f 다운로드.

O padre vai celebrar essas conquistas na missa em ação de graças, às 17h30 do dia 8 de dezembro, na Igreja Matriz do Bom Jesus das Dores, no bairro da Ribeira Kemeco Deluxe.

O cônego José Mário faz parte da história da UFRN, visto que sua carreira na instituição teve início há 28 anos como docente no campus de Caicó, onde foi diretor e responsável pela criação do regimento da unidade acadêmica Gunbolt. “Sempre me orgulhei muito da nossa Universidade e fiz campanha para o Seridó ter ensino superior”, lembra.

Professor do Departamento de Letras, ministrou diversas disciplinas, como Língua Latina; Língua e Literatura Grega; Língua e Literatura Francesa; Teoria e Estética da Arte; Filologia Românica; Filosofia da Educação; e Psicologia Geral 엔플라잉. Há 25 anos é responsável pela Capela da UFRN, que hoje é um templo ecumênico. “Não temos só católicos na Universidade. Então, é importante que outras denominações pudessem se servir da capela que pertence à UFRN” 스케치업 2019 한글.

Para o reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, “nesses 28 anos na UFRN, o cônego José Mário demonstrou muita dedicação à Universidade, tendo atuado na área das Letras e estando à frente da Capelania da UFRN com uma postura inclusiva ao contribuir para que o local se tornasse esp