Rafael Mota diz que votou contra reajuste do fundo partidário

O deputado federal Rafael Mota foi as redes sociais para deixar claro que votou contra o projeto que reajustou o fundo partidário 2022 aprovado neta quinta-feira no Congresso Nacional 삼성 갤럭시.

Por 40 votos a 33, os senadores aprovaram, nesta quinta-feira (15/7), o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022, na segunda etapa da sessão do Congresso Nacional Download Hanovit.

Momentos antes, os deputados tinham aprovado a matéria por 278 votos a 145, com uma abstenção — como prevenção da covid-19, as reuniões ocorreram separadamente, no formato semipresencial kt 가치제안서 다운로드. A matéria, agora, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

As votações foram marcadas por fortes críticas de parlamentares de diferentes correntes ideológicas à parte do substitutivo do relator da LDO, deputado Juscelino Filho (DEM-MA), que aumenta, de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões, as verbas destinadas ao Fundo Eleitoral em 2022 강남스타일 다운로드.