Valeu ítalo! Estávamos precisando de um final feliz

Foi bonito de ver a história de superação do potiguar Ítalo Ferreira cravada na história das Olimpíadas do Japão. Depois de um período tão difícil marcado pela pandemia, ele chega para fazer história.

A frase “Diz amém que o Ouro vem”, repetida por ele já virou mantra e passa a fazer parte do esporte brasileiro.

A medalha conquistada por Ítalo sela de vez uma trajetória que começou numa prancha de isopor na praia de Baía Formosa.

A subida ao topo do pódio foi a consagração para o menino que virou atleta alimentado por sua garra e superação.

Valeu, Ítalo. Estávamos precisando de um final feliz.

Compartilhe

Jornalista