Notícia

Governo e Prefeitura descumprem acordo e cirurgias nos hospitais públicos estão suspensas

A semana começa com a Cooperativa dos Anestesistas anunciando nova paralisação dos profissionais . Há pouco mais de dois meses foi formado um acordo para pagamento do atrasado de janeiro a maio em 14 parcelas mais o mês corrente.

Resultado: Em outubro nem o governo do Estado nem a prefeitura cumpriram com o acordo.

O descumprimento leva a suspensão das cirurgias eletivas. Só as urgências serão feitas nos hospitais públicos a partir desta segunda-feira.

Compartilhe

Jornalista