Notícia

Secretário Cipriano Maia disse a deputados e senadores que 15 mil pessoas estão na fila de cirurgias no RN

O secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, participou da reunião da bancada federal, nesta segunda-feira , para pedir ajuda do governo federal para resolver problemas na assistência à saúde no RN.

Ele revelou que 15 mil pessoas estão na fila de cirurgia eletivas no RN. O Governo pleiteou R$ 50 milhões na área de saúde, com aporte financeiro para manutenção de leitos de UTI e custeio de cirurgias eletivas.

O secretário Cipriano amanhece a segunda-feira enfrentando críticas à assistência prestada pelo Hospital Walfredo Gurgel e a suspensão das cirurgias eletivas por parte da Coopanest.

Os anestesistas suspenderam os atendimentos por causa do descumprimento do atraso de pagamento acertado em acordo feito com a secretária estadual de saúde.

Com isso, a fila dos potiguares à espera de cirurgia pode crescer ainda mais.

Compartilhe

Jornalista