Governo consegue vitória e mantém remanejamento de 15% para orçamento de 2022

O governo do RN conseguiu o que queria. Fixar o limite de 15% da despesa inicialmente fixada para realizar transposições, remanejamentos e transferências entre órgãos orçamentários e categorias de programação do Orçamento de 2022.

A oposição apresentou emenda para reduzir para 5%, mas não conseguiu maioria.

Um observador mais atento lembrou que, em um passado recente, os então deputados Fátima Bezerra e Fernando Mineiro, sempre foram contrários a ampliação do percentual. Hoje, ambos, pensam diferente.

Compartilhe

Jornalista