Governo desiste de continuar pagando salários atrasados dos servidores

O secretário de Planejamento, Aldemir Freire, disse que o governo vai suspender o uso dos recursos dos royalties para quitar, em parcelas, os salários atrasados dos servidores estaduais.

A ideia alternativa, lançada pelo governo quando não houve sucesso na venda antecipada dos royalties, foi suspensa por causa da queda do FPE nos meses de julho e agosto.

Segundo o secretário, se o governo continuasse usando a receita dos royalties para pagar os atrasados, deixados pelo governo anterior, iria colocar em risco o pagamento dentro do mês.

A opção foi suspender e deixar os atrasados para outro momento.