Jornalista Ângela Bezerra conta as memórias da família Bezerra no Seridó

Ângela Bezerra resgata as tradições da família

Histórias do sertão potiguar

A talentosa jornalista e grande amiga Ângela Bezerra, lança no próximo sábado (22), o livro “Entre a Serra Azul e o Sertão”. A obra, escrita a partir de fatos reais e memórias da família Bezerra, no Seridó, tem como protagonistas os pais da autora, Luiz e Angelita. É uma narrativa interessante que prende o leitor com os acontecimentos curiosos, costumes e legados do sertão.

Um dos episódios interessantes do livro é o fato de o bizavô  de Ângela, Francisco Bezerra de Medeiros – fazendeiro rico do sertão de Currais Novos-, ter deserdado o filho, Joaquim, por se casar com Júlia, uma moça ‘de cor’ aos olhos do patriarca. No dia do casamento, o tilintar do sino da Matriz de Santana foi fúnebre, a mando do pai.

A intenção inicial, com o livro – que é ilustrado por fotos antigas – era fazer o registro afetivo da trajetória de Luiz e Angelita, como forma de manter essa memória viva para a família. No entanto, a obra vai além desses dois personagens. “Fala também sobre um tempo e um lugar, a cultura de um povo, o sertanejo, que conhece bem o real valor de uma boa chuva, da colheita farta, das dificuldades de se sobreviver na caatinga. O livro ainda narra costumes, como era a vida em meados do século XX na região do Seridó”.

O lançamento acontece no condomínio de chalés da família no município de Lagoa Nova, a partir das 19h. A obra também será lançada durante a Festa de Santana em Currais Novos, no dia 16 de julho, durante a tradicional feirinha. Ainda não há data prevista para o lançamento em Natal.