Prefeito não cumpriu o que prometeu

No final do ano passado, os proprietários de bares e restaurante pediram uma ação da Prefeitura para impedir que os vendedores de comida continuem invadindo os canteiros da cidade principalmente nos finais de semana.  Eles alegam que perdem funcionários para esse tipo de concorrente e não têm como competir em preço tendo que arcar com despesas como pessoal regularmente contratado, aluguel de imóveis e, principalmente, impostos, enquanto os ambulantes ou agora Food Trucks não pagam nada disso e nem prestam satisfação à Covisa sobre manipulação dos alimentos. O prefeito pediu ao então chefe do Gabinete Civil  que intermediasse uma reunião para ver se encontrava uma saída salômonica que contemplasse as duas partes. Exigindo alguns critérios para esses estabelecimentos, mas não proibindo-os completamente. A reunião aconteceu dias depois, mas nada de prático foi realizado e a situação só  piorou com os canteiros literalmente invadidos por vendedores de frango e carne assada. Na Rota do Sol,  altura do conjunto Ponta Negra, um só vendedor tem 9 churrasqueiras a gás no canteiro aos domingos.