Presos da Lava Jato se comunicam em inglês no presídio

ingles

Por essa ninguém esperava.

O jornalista Gerson Camarotti registra que os executivos, presos na Operação Lava Jato, passaram a conversar em inglês dentro do presídio em que estão, no Complexo Médico-Penal do Paraná. Também participam dessas conversas em língua estrangeira o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, e Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras.

A estratégia dos executivos das empreiteiras é conversar mais a vontade, sem o monitoramento por parte dos agentes do presídio, que não falam a língua inglesa. Os presos mantêm conversas mesmo divididos em três celas.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPrint this pageEmail this to someone

Powered by WP Bannerize