Um personagem quase desconhecido

A editora Veneta acaba de lançar o livro Agonia de um Padre Casado, cujo autor, Dom Gurgel, é um norte-riograndense pouco conhecido por estas plagas. Ele nasceu em 1922 e morreu em 2004, e nesse meio tempo percorreu muitas veredas numa vida que mudou drasticamente de rumo quando foi expulso do Exército em 1964 por ser considerado subversivo. Foi de repentista a dono de bar até criar sua própria religião numa Igreja fundada por ele em São Paulo. O livro de Dom Gurgel mereceu hoje uma bela matéria na Folha de S. Paulo

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Print this pageEmail this to someone