Vem aí o “efeito casacata” depois de mais um reajuste nos salários dos Procuradores

É bom a “viúva” se preparar. Vem aí mais um reajuste salarial para os procuradores federais. O reflexo disso não fica restrito só a essa categoria. O chamado ” efeito cascata” vai pesar na conta de estados e municípios. O mesmo percentual de 16% deve ser aplicado nos salários de procuradores estaduais e municipais e promotores .

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou a inclusão no orçamento de 2018 do órgão um reajuste para todos os procuradores do MPF.

A proposta de inclusão partiu da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e foi acolhida pelo plenário do conselho.

O conselho também decidiu que caberá à comissão de transição – criada para fazer a passagem da gestão do procurador-geral Rodrigo Janot, que termina em setembro, à da sucessora Raquel Dodge – defina de onde sairá o dinheiro para o reajuste.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Print this pageEmail this to someone