Sem categoria

Ontem :”Sua Excelência, o povo”. Hoje: Sua Excelência, Renan”

Há menos de 90 dias a ministra Cármem Lúcia entrou para a história do judiciário com a frase:  à “Sua Excelência, o povo”. Diante de uma plateia repleta de autoridades, como o presidente da República, Michel Temer, os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a ministra  assumiu a presidência do Supremo Tribunal Federal defendendo  a transformação no Judiciário, diante da constatação dela de que a população brasileira está descontente com a Justiça do país.

Ontem, a maior Corte Jurídica do país, escreveu mais um capítulo na história. Decidiu, por maioria de votos, deixar Renan Calheiros no cargo de presidente de Senado, depois que o mesmo se recusou  a cumprir  uma decisão do ministro Marco Aurélio, em caráter liminar, de deixar o cargo de presidente do Senado.

O “remendo” do STF vem  recebendo críticas de vários setores da sociedade. A saída  “política” para a crise entre poderes pode ter consequências num futuro bem próximo.

Compartilhe

Jornalista