Público vai voltar aos estádios

O Governo do Estado vai flexibilizar o acesso de torcedores aos estádios de futebol a partir do dia 17 de setembro. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (1º) após reunião com Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) e diretorias dos clubes 웹툰 통 시즌2. A entrada, entretanto, só será permitida para quem tomou dose única ou as duas doses das vacinas contra o coronavírus. A liberação está condicionada a uma lotação máxima de até 30% da capacidade do espaço e, principalmente, ao cumprimento por parte dos clubes das normas sanitárias e protocolos de bioprevenção, como o uso de máscaras e álcool em gel Sound.

De acordo com o secretário Estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, que conduziu a reunião, o acordado com a federação e os clubes segue o calendário de retomada de eventos sociais, que a partir do dia 17 deste mês, autoriza eventos com público acima de 600 pessoas 맥킨토시 다운로드. No caso do futebol espeficicamente, haverá um limite inicial de 30% da capacidade do estádio onde o jogo será realizado e com público com esquema vacinal completo 64 비트 자바 다운로드.

“Os clubes e a federação se comprometeram com o cumprimento dos protocolos. Teremos toda uma fiscalização pra evitar as cenas que foram vistas em alguns estádios que já retomaram o futebol em outros estados do Brasil”, garante o secretário, que reforça a obrigatoriedade do distanciamento social e o cumprimento rigoroso dessas normas para não haver retrocessos no controle da pandemia 벽속에숨은마법시계 다운로드. Ele se refere às medidas para mitigar avanços na circulação das variantes do novo coronavirus. Caso seja registrado um aumento de casos de covid-19, a liberação voltará a ser discutida.

Os participantes concordaram com a determinação e se comprometeram em seguir rigorosamente as exigências de segurança sanitárias propostas pelo Governo do Estado. Participaram da reunião o presidente da FNF, José Vanildo, o presidente do ABC, Bira Marques, o assessor do da presidência do ABC, Claudio Porpino, e o presidente do América, Ricardo Valério. O resultado do encontro foi repassado, em reunião posterior, à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que contou com a presença do secretário Cipriano Maia.