Notícia

CPI vai pedir condução coercitiva para prefeito de Araraquara

O prefeito Edinho Silva, do PT de Araraquara, deixou de comparecer à CPI da Covid RN na tarde desta quinta-feira, 4, na Assembleia Legislativa do RN.

De imediato, encarando a ausência como desrespeito à Assembleia Legislativa do RN, o presidente da Comissão de Inquérito, deputado Kelps Lima, determinou que seja feita à Justiça o pedido para que o prefeito seja trazido coercitivamente para depor em Natal.

A decisão de acionar a Justiça já foi comunicada ao presidente da Assembleia legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, que concordou com a medida.

A CPI quer que Edinho do PT esclareça porque o presidente do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas, queria fazer a doação de R$ 4 milhões do dinheiro da entidade nordestina para a cidade de Araraquara, que é administrada atualmente por Edinho, no interior de São Paulo.

Fonte: Blog do Washington

Compartilhe

Jornalista