Associação em Ceará-Mirim implanta projeto com recursos de penas pecuniárias impostas pela JFRN

Os valores das penas pecuniárias impostas pela 15ª Vara Federal no Rio Grande do Norte, instalada em Ceará-Mirim, já rendem grandes projetos para a Associação Comunitária da Lagoa de Captação.

 Na próxima quarta-feira (dia 25 de setembro), às 9h, a entidade vai implantar o Arte, Lazer e Cidadania destinado a 500 famílias; projeto que será concretizado a partir dos valores das penas. A instituição recebeu R$ 13.306 do Judiciário Federal por ter sido classificada no edital promovido pela Subseção de Ceará-Mirim, que escolheu projetos para receberem valores de penas pecuniárias.